Dirigido por Luc Besson, The Lady (aqui com o título de Além da Liberdade) é  baseado na história de resistência birmanesa, liderada por Aung San Suu Kyi (personagem REAL). O filme se volta para o conflito asiático, que muitas vezes os noticiários não mostram. Localizado próximo à Índia, Laos e a China, o atual Myanmar (também chamada de Birmânia) é cenário dessa história contemporânea de luta, coragem e muita (mas muita) dedicação. O longa deslinda a vida de Aung San Suu Kyi, do prêmio Nobel da Paz.

Aung San Suu Kyi é filha do moderno fundador da Birmânia, Aung San, que foi assassinado pouco antes da independência do país. Asilada política, casou-se e viveu em Londres onde deu à luz as dois filhos. Deixou a Europa para cuidar da mãe doente em Rangoon, que passava por um conflito sangrento em protesto da ditadura militar (a mesma que anos antes matara seu pai). Aung San Suu Kyi foi persuadida por partidários para permanecer em Rangoon e fundar a Liga Nacional pela Democracia. Tal decisão custou o afastamento de seu marido e filhos, que tiveram o visto de permanência negado pelas autoridades da Birmânia após descobrirem a intenção de Suu Kyi com relação à política.

Filmado na Tailândia e na própria Myanmar, The Lady foi dirigido com primasia e imagens inspiradoras pelo cineasta francês Luc Besson. O filme traz cenas vívidas do conflito de Rangoon, e a atriz Michelle Yeoh interpreta a heroína birmanesa com muita serenidade. Michelle sustenta com elegância o peso de interpretar uma das figuras políticas mais queridas do mundo. A naturalidade de seus gestos e expressões faciais não deixam espaço para qualquer questionamento: ela foi a escolha perfeita para protagonizar o filme. David Thewlis cumpre um dever duplo em “The Lady”. O ator interpreta o compreensível marido de Suu Kyi e também, o irmão gêmeo de Michel Aris (que é o nome do marido da Suu Kyi).

No filme, o personagem é diagnosticado com câncer terminal e enfrenta terríveis restrições de um regime totalitário, que o impede de estar junto da mulher, bem como da mesma sair e voltar do próprio país. Por fim, Michel acaba falecendo longe da mulher, pois o regime ditatorial a impediu de sair de sua própria casa para uma última visita.

Contudo, após muita resistência e perseverança, Suu Kyi acaba liberta e a ditadura em seu país cai. O filme termina com uma cena inspiradora, na qual, após retirados os gradis, Suu Kyi sobe no muro e joga uma flor para a multidão que grita seu nome.

Para mim, Além da liberdade cumpre além de seu papel cinematográfico. O filme dirigido por Luc Besson é um testemunho de coragem e sacrifício, que inspira o espectador através do retrato encantador deAung San Suu Kyi.

PS- Na vida real Aung San Suu Kyi continua na militância política de seu país, tendo se candidata em março deste ano (2012) para a primeira eleição REALMENTE democrática em Myanmar. (informações sobre Suu Kyi, aqui)

Além da Liberdade (The Lady):

FICHA TÉCNICA

Diretor: Luc Besson

Elenco: Michelle Yeoh, David Thewlis, William Hope, Michelle Yeoh, David Thewlis, Jonathan Raggett, Jonathan Woodhouse, Susan Wooldridge, Benedict Wong, Flint Bangkok, Guy Barwell

Produção: Luc Besson, Andy Harries, Virginie Silla, Jean Todt

Roteiro: Rebecca Frayn

Fotografia: Thierry Arbogast

Trilha Sonora: Eric Serra

Duração: 132 min.

Ano: 2011

País: França/ Reino Unido

Gênero: Drama

Cor: Colorido

Distribuidora: Paris Filmes

Estúdio: Europa Corp. / Left Bank Pictures / France 2 Cinéma / Canal+ / France Télévision

Data prevista de estréia: 27 de Julho de 2012 – consulte a programação da sua cidade (distribuído no Brasil pela Paris Filmes em associação com a Europa Filmes)

Informações:

Facebook Oficial do Filme: https://www.facebook.com/TheLadyMovie2011

Facebook Oficial do Filme (no Brasil): https://www.facebook.com/AlemdaliberdadeOFilme

Site: http://www.alemdaliberdade.com.br/

7 responses »

  1. […] Estréias da semana – 27/07 […]

  2. […] Feed by frames – Além da Liberdade: sensibilidade, razão e persistência […]

  3. […] Feed by frames – Além da Liberdade: sensibilidade, razão e persistência […]

  4. SaiDaqui! says:

    […] ALEM DA LIBERDADE […]

  5. […] Feed by frames -Além da Liberdade: sensibilidade, razão e persistência […]

  6. […] Feed by frames – Além da Liberdade: sensibilidade, razão e persistência […]

  7. […] Quem quiser uma análise mais completa com spoilers do filme veja o post do FeedByFrames. […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s