Na minha cabeça sempre flutuam idéias: seja do que for, sobre o que for – as mais absurdas, na maior parte do tempo, é verdade. Todavia, de uns tempos para cá, as idéias tem minguado um pouco… muito trabalho, muito problema, muita pressão e…pouquíssimo tempo para mim. Essa é uma situação comum atualmente para qualquer pessoa que dependa exclusivamente de seu salário para viver: a menos que seu emprego seja do tipo “enfeite de lugar X”, cedo ou tarde você vai passar por isso.

E eu me sinto mal. Não só pelo fato de não ter idéias para discutir aqui (ao menos essa semana) mas pelo fato de que, profissionalmente essa situação me afeta também. Veja bem: você pode ser criativo, jornalista, designer, advogado, professor, químico, ou que for, se você trabalha com a mente precisa necessariamente de idéias. E seu chefe não vai querer saber se você tem ou não idéias para apresentar: minto, alguns chefes (como o meu, AINDA BEM!) até se preocuparão mas os clientes não. Tudo tem que ser feito rápido, perfeito, criativo e agradável. SEMPRE.

Aí me pego pensando que, nesses tempos de modernidade fluida, ao que parece, as pessoas pensam que basta eu me conectar a uma máquina para ter idéias. Não meus caros, não basta. Eu vou ligar o PC e jogar qualquer coisas o dia todo que não vai adiantar, não é assim que as idéias aparecem; tampouco eu tenho um “interruptor de idéias” o qual basta mexer que acende uma lamparina na minha cabeça. Não! Eu preciso de tempo, de contemplação (sabe aquele dia que você só quer observar a paisagem?!), de “dar uma voltinha”, buscar referências fora da internet (nem tudo está ali, ACREDITE), estudar, trocar idéias…mesmo porque, as minhas idéias são feitos polifônicos das idéias que eu ouço por aí (e de tudo o que já ouvi).

Mas a vida cobra e em lugares que compram o ufanismo “Brasil, terra em desenvolvimento” o lema parece se assemelhar a uma linha de produção. Isso é triste. Trabalhar com o cérebro não requer linha de produção – aliás, não requer nenhuma linearidade. Contudo, se o lugar que você trabalha apenas exige os melhores resultados e cedem às pressões dos clientes cuidado….está na hora de você procurar outro emprego.😉

4 responses »

  1. […] Pegação Intima em Preto e Branco [+18] Todas as Cores, Todos os Amores Menos mascaras, por favor Sobre a ausência de idéias O Google do sexo existe [+18] Como ligar a televisão com estilo Nova música do Latino é proibida […]

  2. […] Feed By Frames – Sobre a ausência de idéias […]

  3. […] Feed By Frames – Sobre a ausência de idéias […]

  4. […] Feed By Frames – Sobre a ausência de idéias Do Que Os Gays Gostam – Todas as Cores, Todos os Amores Bacon Frito – Estréias da semana – 12/10 Cintura Larga – Coisas que gordo fala Sai Daqui – Menos máscaras, por favor Manual das Encalhadas – Encalhadas Anônimas: “Sexo casual que terminou na delegacia” Tem Graça ou Não – Nunca faça xixi no rio Muita Pimenta – [A Verdade Nua e Crua] Gozando de um bom livro […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s