Como profissional da área de comunicação me surpreendo toda vez que encontro colegas de ramo soltando “pérolas” sobre o que é postado em redes sociais. Sabemos da atual influência das mesmas e que, dependendo do caso, ela já sobrepõe a mídia impressa e até alguns sites de notícia em si.

Ontem, ao postar uma reportagem do Jornal Nacional, fiz um adendo alertando para o que o advogado Ives Gandra pronunciava na matéria. Veja bem, o Dr. Gandra é um dos mais tradicionais advogados de nosso país e ele falava sobre o não-retorno tributário do Brasil. Em suma, o jurista afirmava que os recursos tributários nacionais se evadiam devido à grande quantidade de servidores públicos e aposentados em geral. No que escrevi afirmei que concordava com a exagerada quantidade de servidores públicos, porém discordava sobre os aposentados – e apresentei um cálculo rápido sobre o custo de um parlamentar/ano e um aposentado “padrão”/ ano (ou seja, aquele que ganha entre um e dois salários mínimos por mês). Algumas horas depois, me surpreendo com um comentário de um colega que atua na área de comunicação na página dele (sem citar qualquer nome, óbvio) no qual o mesmo fazia as seguintes declarações:

(…)embora haja toda essa revolução(…) através de redes sociais, ainda é mais rápido receber uma resposta de qualquer questão política do seu senador/deputado mandando um email pra ele? 

(…) compartilhar um vídeo do Bom Dia Brasil (…) não traz esclarecimentos. 

Se você ao menos lembrar em quem votou para senador, envie um e-mail perguntando sobre a questão do I.R sobre salários. Muitos respondem.”

Não sei se esta declaração do colega foi diretamente para o vídeo que postei, contudo algumas semelhanças se destacam. Especialmente a parte referente aos tributos. Nessa pequena nota me deparei com os três erros clássicos de um comunicador. Respectivamente:

1-      Não procurar a biografia do declarante;

2-      Não ler/assistir o que está em tela (tudo);

3-      Não seguir os dois passos anteriores e falar bobagem.

É importante não esquecer que uma nota errada/desvirtuado, gera feedback errado/desvirtuado. Observe:

Na época da eleição fiz uma pergunta na página do (…) sobre um processo pendente. Ele, ou a equipe de mídias sociais, esclareceu tudo e ainda mandou documentos por email comprovando a resposta.
Também acho que tentar um contato direto, por email ou redes sociais, é mais eficiente.”

 

A pessoa que deu essa resposta também é uma profissional de comunicação, acreditem.

Agora vamos analisar a situação:

Quem não lê as publicações – quaisquer que sejam – desvirtua o seu parecer e recebe feedbacks errôneos também. Infelizmente muito me admira colegas do mesmo ramo realizando esses erros clássicos e ainda comentando notas – seja qual for a nota – sem um mínimo de critério (observe que na Nota, ele fala em contatar por email e no feedback é dado ênfase na contatação por email ou redes sociais…. mas a crítica da nota não era exatamente por causa de um vídeo postado em redes sociais?!)

Em suma, caro colega, para que erros como esses não sejam cometidos por você, por favor, cheque sempre fontes, informações, dados, nomes, cargos, etc. E também, POR CARIDADE, preste atenção às suas respostas. Aqui estamos todos livres de julgos pois se tratava apenas de comentários particulares; mas… e se fosse um job?!

Pense nisso😉

5 responses »

  1. […] Feed By Frames – Clássicos […]

  2. SaiDaqui! says:

    […] CLÁSSICOS […]

  3. […] Sexo Anal: Vale usar anestésico? Cobertura E-commerce Brasil Operações e Negócios 2012 Clássicos Estreias da Semana 30/11 Quando você chega em casa e vê isso… Ao resgate da sessão da […]

  4. […] Feed By Frames – Clássicos Do Que Os Gays Gostam – Sexo Anal: Vale usar anestésico? Bacon Frito – Estréias da semana – 30/11 Uarévaa – Podcast #118 – Os Trapalhões Sai Daqui – Conversa imaginária com um tio inexistente Manual das Encalhadas – A cara do tédio: como identificar se seu namorado está de saco cheio Tem Graça ou Não – Online na TV com participação do Tem Graça ou Não […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s